sábado, 30 de abril de 2011

Poesia, desenhos e Matemática

Esses desenhos foram feitos pelos alunos da 8ª série, ilustrando a poesia de Millôr Fernandes, e será feito um vídeo com os desenhos para cada estrofe da poesia. (em breve postado aqui)

Poesia Matemática
Millôr Fernandes

Às folhas tantas
do livro matemático
um Quociente apaixonou-se
um dia
doidamente
por uma Incógnita.
Olhou-a com seu olhar inumerável
e viu-a do ápice à base
uma figura ímpar;
olhos rombóides, boca trapezóide,
corpo retangular, seios esferóides.
Fez de sua uma vida
paralela à dela
até que se encontraram
no infinito.
"Quem és tu?", indagou ele
em ânsia radical.
"Sou a soma do quadrado dos catetos.
Mas pode me chamar de Hipotenusa."
E de falarem descobriram que eram
(o que em aritmética corresponde
a almas irmãs)
primos entre si.
E assim se amaram
ao quadrado da velocidade da luz
numa sexta potenciação
traçando
ao sabor do momento
e da paixão
retas, curvas, círculos e linhas sinoidais
nos jardins da quarta dimensão.
Escandalizaram os ortodoxos das fórmulas euclidiana
e os exegetas do Universo Finito.
Romperam convenções newtonianas e pitagóricas.
E enfim resolveram se casar
constituir um lar,
mais que um lar,
um perpendicular.
Convidaram para padrinhos
o Poliedro e a Bissetriz.
E fizeram planos, equações e diagramas para o futuro
sonhando com uma felicidade
integral e diferencial.
E se casaram e tiveram uma secante e três cones
muito engraçadinhos.
E foram felizes
até aquele dia
em que tudo vira afinal
monotonia.
Foi então que surgiu
O Máximo Divisor Comum
freqüentador de círculos concêntricos,
viciosos.
Ofereceu-lhe, a ela,
uma grandeza absoluta
e reduziu-a a um denominador comum.
Ele, Quociente, percebeu
que com ela não formava mais um todo,
uma unidade.
Era o triângulo,
tanto chamado amoroso.
Desse problema ela era uma fração,
a mais ordinária.
Mas foi então que Einstein descobriu a Relatividade
e tudo que era espúrio passou a ser
moralidade
como aliás em qualquer
sociedade.

Poesiasssss

Aqui estão alguns recortes de poesias já produzidas por alunas da 8ª série (9ºano). Elas conseguiram transformar o conhecimento científico em versos e ficou bom demaiisssss!

Sobre o Pi
O número PI

O Pi foi descoberto
Ao se relacionar
Com a circunferência
Por isso é preciso calcular

A principal razão
é que Pi
Não é uma fração
Mas tem uma grande função

Pi é difícil de calcular,
Porque é um número irracional
Sua representação é decimal
e ainda não foi descoberto o seu final

O número Pi
É o valor da razão
Entre a circunferência e seu diâmetro
Está aí a definição

Enfim, estamos chegando ao final
Isso foi sensacional
Aprender sobre o número Pi
É muito legal!
(Michele Bonatto)


Pi é difícil de calcular
Porque é um irracional
Imprevisível na sua
Representação decimal.
(Rosângela do Rosário) 


Sobre o Teorema de Pitágoras

Contas

Matemática e Pitágoras,
 tanta circunferência
Muitos números e letras
Que às vezes acabam com a paciência.
.........
Dizem que Pitágoras foi um grande gênio da matemática
Ele fala de hipotenusa e de catetos
E eu tenho que aprender esses conceitos.
(Jaqueline Carla Pereira)


Teorema de Pitágoras

Um teorema há muito foi escrito
Com muita dificuldade elaborado
Pois achavam complicado
Escrever seu enunciado.

Quem escreveu foi Pitágoras
Um matemático muito famoso
Que ficou marcado na história
Por seu descoberto valoroso.

Hoje ainda o estudamos
E o compreendemos
É muito utilizado
Enquanto vivemos.

O lado maior do triângulo
de hipotenusa é denominado
sempre será oposta ao ângulo reto
e elevada ao quadrado.

Os outros dois são os catetos
Não menos importantes
Seu valor ao quadrado
Deve também ser adicionado.

A soma resultante
Você vai perceber no mesmo instante
Será a hipotenusa ao quadrado
Exatamente o mesmo resultado!
(profª Aline)

Para resolvermos precisamos
Elevar os catetos ao quadrado
E o resultado somamos
E assim saberemos o resultado.

Se for igual à hipotenusa ao quadrado
Pode-se ter certeza de uma coisa,
O resultado está correto
Sem ser muito complicado.
(Flávia Agustini Stedille)

No Teorema de Pitágoras
Aparecem os retângulos
E os quadrados, mas
 Indispensáveis são os triângulos.
No triângulo retângulo
O maior lado é a hipotenusa
Os menores, são os catetos
Que na matemática todo mundo usa.
(Rosângela do Rosário)

Matemática e Poesia

Este é  um projeto desevolvido com todos os alunos das séries finais do Ensino Fundamental, da E.B.M. Elizabetha Andreazzo Pavan. Os trabalhos desenvolvidos tem como objetivo, além de ampliar os conhecimentos dos alunos sobre a Poesia e conteúdos Matemáticos; comemorar o DIA NACIONAL DA MATEMÁTICA!!! 
Aguardem fotos e vídeos!!!

Plano de Aula Interdisciplinar – Português e Matemática....e incluindo outras disciplinas
Projeto: Matemática e  Poesia
1.     Estudo da realidade:
a)     Identificar os conhecimentos prévios dos alunos sobre poesia e literatura de cordel
b)    História da poesia, onde surgiu, por que surgiu, quem tinha acesso, estrutura, curiosidades... Pesquisa na internet, em enciclopédias, livros, revistas, com registros escritos no google docs para compartilhar com os colegas e professora.
c)     Conceito de poesia, verso, estrofe, rima, rimas....
d) A poesia e a matemática

2.     Organização do conhecimento:
a)  Verificar se os conhecimentos que cada um tinha sobre poesia é compatível com as informações obtidas em livros, internet...
b)  Perceber a evolução histórica pela qual passou a poesia.
c)   Incorporar a poesia na vida dos alunos.
d)    O que é literatura de cordel? Assistir alguns  filmes, reportagens que falam sobre cordel.
e) Trabalhar com palavras e conceitos matemáticos em poesias já prontas para análise,interpretação  e exemplo  (anotar palavras no dicionário de matemática).
f) Pesquisa na internet e em livros sobre a história de determinados assuntos/conteúdos de Matemática, para a produção de um cordel
g) Aplicar diversas técnicas para a produção das poesias.
f) Produzir paródias sobre a Matemática.

3.       Aplicação do Conhecimento:
           a) Declamar poesias de autores da literatura.
           b) Produzir  e declamar suas próprias poesias
           c) Produzir poesias usando termos matemáticos
           d) Produzir cordéis a partir de termos matemáticos
           d) Postar os trabalhos no blog da escola.
e) Manter um documento no google docs ou troca de emails onde os alunos possam digitar suas poesias, para correções e análises
f) Produzir slides, com imagens e fotos (dos próprios alunos) para ilustrar as apresentações no Dia Nacional da Matemática.
g) Confeccionar vídeos das declamações, e dos teatros de palitinhos dos cordéis
h) Filmar e produzir um clip das paródias

Poesia
5ª série

·        Conceito de poesia
·        História da poesia
·        Produção de uma história em quadrinhos que traga informações interessantes sobre a história da POESIA
*    Conceito de literatura de cordel
·        Produção de diversas poesias a partir de diferentes técnicas utilizando termos matemáticos
6ª série
·        Conceito de poesia
·        História da poesia
·        Produção de uma história em quadrinhos que traga informações interessantes sobre a história da POESIA
*     Conceito de literatura de cordel
·        Produção de diversas poesias a partir de diferentes técnicas utilizando termos matemáticos
* Produção de uma paródia

7ª série

·        Conceito de poesia
·        História da poesia
·        Produção de texto informativo  utilizando o google docs falando sobre a história da POESIA
*    Conceito de literatura de cordel
·        Produção de diversas poesias a partir de diferentes técnicas utilizando termos matemáticos
* Produção de uma paródia

8ª série

·        Conceito de poesia
·        História da poesia
·        Produção de texto científico utilizando o google docs falando sobre a história da POESIA
*    Conceito de literatura de cordel
·        Produção de diversas poesias a partir de diferentes técnicas utilizando termos matemáticos
·        Pesquisa : formatação a partir do google books

OBJETIVO GERAL:

Trabalhar conceitos de  matemáticos em forma de Poesia, de maneira que as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática se relacionem interdisciplinarmente.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
* Produzir poesias a partir de palavras e conteúdo já estudados;
* Analisar poesias de Matemática, entendendo seu significado, e pesquisando palavras ainda desconhecidas;
* Esclarecer o que é Poesia, bem como suas formas, regras, etc(desculpe a ignorância)hehehe
* Pesquisar a história de temas matemáticos diversos para fundamentação teórica na produção de um “Cordel”;
*  Fazer slides, teatros, vídeos, audios para apresentação dos trabalhos realizados, no Dia Nacional da Matemática.
*Produzir um cd com as poesias declamadas para acervo da escola (quem sabe em distribuição para escolas municipais).

Outros conhecimentos que podem ser trabalhados:
Paródia, poesia, teatro, texto informativo, jornalzinho, mural com imagens, desenhos, frases (por no livro)

Links nos quais estão postados as atividades realizadas:


Como trabalhar, então, poesia?
            A linguagem poética é carregada de sentidos e imagens, além de outros elementos como rimas, ritmo e sonoridade das frases. E se ela é tudo isso, não podemos esquecer que é também mito, entendendo-se aí, conforme Huizinga (apud AVERBUCK, 1982, p. 79),  o mistério injetado em cada uma das palavras “de tal modo que cada imagem passa a encerrar a solução de um enigma.” Assim, para desvendar essas imagens, é necessário refazer o percurso trilhado pelo poeta, o que não é, como se poderia pensar, parafrasear o poema, mas buscar equivalências de sentidos, os significados possíveis; analogias e associações através das quais os (pequenos) leitores estabelecem diálogos com o texto e consigo mesmos, ligando entre si “o imaginado e o vivido, o sonho e a realidade como partes igualmente importantes da nossa experiência de vida”, o que define o valor da poesia, conforme José Paulo Paes (apud ALVES, 1982, p. 62)

Links de pesquisa:http://www.somatematica.com.br/jogos.php
http://jonasportal.blogspot.com/
http://blog.institutomonitor.com.br/2008/09/18/caca-palavras-matematica/


segunda-feira, 25 de abril de 2011

Matemática e Poesia

Para comemorar o dia Nacional da Matemática, nesse ano, os alunos estão criando poesias sobre a disciplina e seus conteúdos. Contamos com a ajuda da profª Vanessa (língua portuguesa), para "refinar" as produções, e nos ensinar o que é Poesia. E eu, com os conceitos matemáticos que os alunos devem utilizar em suas poesias.
Aqui você pode ver os alunos da 5ª série, fazendo uma atividade na aula matemática, onde eles foram separados em grupos,com o objetivo de re-montar uma poesia de matemática. Eles receberam as frases separadas e deviam montar de modo significativo o que a poesia dizia....foi muito legal, e com essa atividade, eles conheceram mais sobre Poesia Matemática.